Saturday, January 26, 2008

Conselho Tutelar estuda adoção irregular por casal homossexual
PARANÁ | MARINGÁ 23/01/2008 - 00h15

por ANDYE IORE - GAZETA DO POVO


Um menino de 2 anos e dez meses de idade foi encaminhado para um abrigo pelo Conselho Tutelar em Maringá, no Noroeste do Paraná, enquanto é apurado o caso de adoção irregular e uma denúncia de um suposto abuso sexual. A criança estava com um casal de homossexuais, que nega o abuso e já acionou um advogado para obter a guarda definitiva do menino.

Nesta semana, o presidente do Conselho Tutelar de Maringá, Vandré Fernando, ouviu a mãe biológica e os homossexuais que estavam com a criança. “O menino foi para o abrigo porque não há nenhum documento oficializando a adoção”, afirmou Fernando. Segundo ele, a denúncia de abuso foi feita por meio do Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes, o Disque 100. O caso foi repassado ao Conselho Tutelar no último dia 11, e uma psicóloga foi até a residência onde a criança vivia para avaliar a situação. A criança passou por um exame no Instituto Médico-Legal (IML) na última sexta-feira e o resultado deverá sair em fevereiro.

De acordo com Fernando, a mãe da criança teria tido outros dois filhos, que também não vivem com ela e estariam com avós. Ela seria da região de Campo Mourão e não teria endereço residencial fixo. O menino está sob os cuidados do Programa Sentinela, que trabalha com crianças e adolescentes envolvidos em denúncias de abuso sexual, e o caso seria encaminhado ontem para a Promotoria da Vara da Infância e da Juventude.

Fonte: http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/parana/conteudo.phtml?id=731589

1 comment:

RESFOLEGANDO COM FRANCIELE MONIQUE said...

retire este post mentiroso.

o caso nao foi citado nos altos como suspeitos do crime....

foi uma tentativa de estelionato!!!

INFORME_SEEEE